terça-feira, 14 de junho de 2011

A Melhor Parte Da Memória

     A melhor parte da memória é a capacidade de pregar peças que ela tem. Aquela habilidade de esquecer alguns fatos recentes, e lembrar alguns que, de tão antigos, achávamos que já tivessem se apagado...
     Quantas vezes eu quis lembrar o nome de alguém, um número de telefone, um endereço, um site, um aniversário e não consegui? Quantas e quantas vezes eu tentei esquecer algo do passado, memórias tristes, coisas ruins, lágrimas e, sem querer, vem à tona uma lembrança tão vívida de tais acontecimentos, que eu tenho a impressão que dá pra alguém assistir a cena só olhando para minha testa...


     E ainda tem um departamento especial na memória de cada um de nós que se chama Saudade. De uma importância imensa, embora inconveniente algumas vezes. É um espaço de tamanho indefinido onde sempre tem algo pra se ver. É ele o responsável por a gente sentir um perfume quando alguém passa, e na mesma hora sentir vontade de ir correndo procurar alguém.
     A Saudade? É um bolso imenso, onde a alma tenta guardar aquilo que a gente perdeu...

 Por @TarcisioAlves

Um comentário: