segunda-feira, 16 de maio de 2011

Faltando Um Pedaço

     Não sou de exaltar nada só porque é da minha terra. Não tenho um patriotismo cego e, especialmente na música, sou crítico a ponto de ignorar a região de origem da obra enquanto a admiro, até mesmo se o artista for argentino (espero que argentinos e brasileiros entendam que isso foi só uma tentativa de piada). Admiro muito o cenário musical baiano, mesmo sem nunca ter posto um pé por lá; glorifico o autêntico samba carioca mesmo de longe e igualmente gosto e alimento profundo respeito pelos bons músicos do meu Estado.
     Trago hoje Djavan. Tão reconhecido por sua qualidade, tão prestigiado internacionalmente. Mais um dos que foram primeiro reconhecidos longe, pra depois serem aceitos na sua região. Aqui até tem uma expressão pra esse pouco caso que as pessoas fazem dos talentos locais: "O santo de casa não faz milagre".
     É comum no Brasil só se prestigiar algo depois que ele é sucesso. A música parece que não é feita mais pra ter qualidade nem pra se ouvir. É feita para vender e ter sucesso, e o resultado disso eu deixarei para outro post. Por agora deixo com vocês esse artista que dispensa explicações.


     Qualidade com simplicidade. Uma voz e um violão são mais que suficientes para ele.

Por @TarcisioAlves

Nenhum comentário:

Postar um comentário