segunda-feira, 2 de maio de 2011

Alacazan

     Ela sempre esteve lá, guardada, você só não a procurou nos lugares certos.Perceba. Ela não está nas ruas,e sim contida no menor dos maiores conjuntos, aquele músculo que pulsa e impulsiona a vida: o coração. É uma das coisas que mais almejo, ser livre, meu direito de ir e vir, de pensar, de sorrir, chorar, gritar. Contudo, não estou só. Estou cercado de pessoas de diferentes etinias, culturas, religiões, ideologias, humores, e saber respeitar o espaço de cada pessoa é fundamental mas, impor o seu lugar nesse território hostil é necessário. Não deixe que usurpem de você esse direito. Abra seu olho, abra sua mente, vá além do noticiário da tv, navegue em mares distantes, se aventure em águas profundas, mergulhe de cabeça, mas não se afogue. Usando de uma sapiência frívola, muitos dizem que possuem sua liberdarde, e que caminham com ela a passos largos. Entretanto, temos que entender que ser livre é mais complexo do que a constituição exemplifica, e precisa ser alcançado o mais rapido possível, na velocidade da luz. Talvez essa seja a chave mestra para todos os problemas que enfrentamos, o grande truque: Alacazan.

Por @NetooMoraes

Nenhum comentário:

Postar um comentário